Educaçao Musical na visão de uma Especialista

Revista No TomRevista No Tom. Revista da CAEM, Central de Apoio às Escolas de Música. São Paulo, junio 2009.

por Valéria Forte e Vanessa Coelho

Violeta Hemsy de Gainza é uma unanimidade no meio eduacional. Há cuase 50 anos a musicista argentina constribui para o aprimoramento do ensino de Música em toda América Latina, priorizando o estímulo criatividade e atençao especial às particularidades de cada estudante. Seus estudos de Pedagogia  contribuíram para a transformaçao das relaçoes dentro das salas de aula atrevés da ênfase na integraçao entre professor e aprendiz, ocupando o espaço do modelo tradicional no qual o docente se limitava a passar o conteúdo sistematicamente e o estudo prático era limitado à repetiçao exaustiva de obras clássicas. Sua obra incluiais de 40 títulos dedicados ao estudo de  Música em geral, prática de instrumentos como piano e violão, e improvisação e já foi traduzida para idiomas como inglês, alemaõ e francês. É membro honorário do ISME (International Society for Music Education) e edita o anuário dessa instituição. Já foi presidente e atualmente é membro consultor da Associação Argentina de Musicoterapia e também é presidente honorária do FLADEM (Fórum Latino Americano de Educação Musical).

A Revista No Tom conversou com Violeta, que tem ministrado cursos, seminários e conferências em seu país e ao redor do mundo e em agosto será uma das palestrantes do 5 to Encontro Nacional de Escolas de Música, a ser realizado em São Paulo.

Confiram o resultado!

pdfDescargar Entrevista en PDF